Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘ciencia’

Texto extraido do Blog Meditando em Jesus

O OLHO DE DEUS

(Adaptado do texto de H. Dennis Fischer)
 
“Pois os olhos do Senhor estão atentos sobre toda a terra para fortalecer aqueles que lhe dedicam totalmente o coração” (II Crôn. 16:9)
O telescópio espacial Hubble tirou fotos da nebulosa Helix. Alguns astrônomos descrevem-na como “um túnel de gases reluzentes de trilhões de milhas de comprimento”. Ela está a 650 anos luz do nosso sistema. No seu centro está uma estrela em extinção que emite poeira e gases que se estendem ao longo da sua borda exterior. Fotos como esta, fazem parecer a íris azul de um olho humano completo, até com pálpebras. Por causa destas características, alguns a apelidaram de “O olho de Deus”. Opiniões a parte, a imagem transmite a beleza de mais uma das obras do Deus do universo.
Embora essa nebulosa não seja, num sentido literal, o olho de Deus, as escrituras dizem que Deus está observando as nossas vidas, conforme lemos acima nas palavras do profeta Hananias.
.
Essa proclamação, do olho de Deus que tudo vê, foi pronunciada porque o rei Asa, para garantir sua segurança militar, buscara apoio de um outro rei. Parece que este rei se esqueceu que foi o Senhor Deus que lhe havia dado no passado vitórias sobre os seus inimigos, e não simplesmente soldados (14:11-12). Essa deslealdade espiritual não passou despercebida de Deus, que preferencialmente, tem prazer em derramar bençãos ao povo que produz atos de obediência a Ele.
Embora ainda não possamos ver os olhos de Deus, podemos estar seguros de que Ele sempre nos vê. Muitos e muitos seres humanos, mais do que naquela época, até mesmo aqueles que são professos tementes a Deus, cometem o mesmo erro que Adão e Eva no jardim do Éden – tentam se esconder de Deus quando cometem algum tipo de desobediência (Gênesis 3:9-10). Neste jogo, quase que infantil de esconde esconde, o homem tenta se esquivar da sua própria desgraça, da sua própria morte, enganado-se a si mesmo, “jogando sua sujeira embaixo do tapete”, se esquecendo como fez o rei Davi ao adulterar (II Samuel 11:4), que Deus não perde a atenção em sequer um mínimo detalhe de nossas vidas.
Você tem consciência de que está fazendo algo que desagrada ao Senhor? Aquela voz que de vez em quando você ouve, que te chama a pensar lá no seu íntimo, que gostamos de chamar de intuição (Espírito Santo) lhe fala a mente nestas ocasiões? Você tem acariciado algum pecado de estimação? Saiba que Deus não deixará de amá-lo por causa disso, porque Deus ama o pecador. Mas saiba também que Deus odeia o pecado e que algum dia, um dia não muito distante, Deus destruirá aqueles que não querem se livrar deste “vírus”, porque o vírus só se torna doença, quando está com alguém.
REFLEXÃO: “Os olhos do Senhor estão em todo lugar, contemplando os maus e os bons” (Provérbios 15:3)
 
 

Read Full Post »

Segundo reportagem publicada no portal Terra, cientistas da Alemanha anunciaram ter conseguido produzir espermatozóides não maduros a partir de amostras de medula óssea humana. Os pesquisadores das universidades de Göttingen e de Münster, e da Escola de Medicina de Hannover, isolaram células-tronco tiradas de voluntários adultos.

Os cientistas dizem que, se conseguirem fazer com que os espermatozóides se desenvolvam e atinjam a maturidade, a descoberta pode ajudar no tratamento de pessoas que não podem ter filhos. Mas outros especialistas em fertilidade alertam que os dados do estudo precisam ser analisados com cuidado nesse estágio inicial.

Normalmente, as células-tronco originárias da medula óssea se transformam em diferentes tipos de células no tecido muscular. Mas os pesquisadores induziram um pequeno número delas a se desenvolverem como espermatogônios, que são células presentes nos testículos e que vão formar os espermatozóides. É a primeira vez que se produz artificialmente espermatogônios humanos dessa maneira.

Mas o professor Harry Moore, do Centro de Biologia em Células-Tronco da Universidade de Sheffield, na Grã-Bretanha, alerta que a manipulação das células-tronco para que se transformem em espermatozóides maduros pode provocar mudanças genéticas permanentes, o que afetaria a “segurança” dessas células.

É interessante notar que os cientistas, utilizando o que há de mais moderno em tecnologia, vêm gastando décadas em pesquisa e rios de dinheiro para conseguir criar espermatozóides em laboratório (olha o design inteligente aí!) e ainda não chegaram lá, mesmo partindo de algo já criado, como as células-tronco. Mesmo assim, há entre eles os que querem que acreditemos que o acaso cego deu origem ao óvulo e ao espermatozóide em organismos que se diferenciaram a partir de um ancestral comum; querem que aceitemos que seres assexuados originaram os sexos e que estes, com todas as suas peculiaridades, acabaram sendo perfeitamente compatíveis e capazes de originar outro ser vivo; propõem que aceitemos todo o complexo processo de reprodução, a maravilhosa química sexual e a diferenciação celular a partir da fecundação do óvulo pelo espermatozóide – tudo isso como resultado de mutações e da seleção natural. Sinceramente, não tenho fé suficiente para crer neste absurdo.

Texto de Michelson Borges – Jornalista, membro da Sociedade Criacionista Brasileira (www.scb.org.br) e autor dos livros A História da Vida e Por Que Creio.

Read Full Post »

FRUDES NAS CIÊNCIAS

Como não poderia ser diferente, até na paleontologia e em outras ciências estão se descobrindo fraudes, tudo em nome do lucro egoista. É preciso tomar muito cuidado no que se acredita hoje em dia, para não ser enganado por fabulas mentirosas:

Elo perdido – O Archaeraptor liaoningensis, fóssil considerado como uma importante evidência da teoria de que os pássaros se desenvolveram dos dinossauros, era na verdade uma mistura de fósseis de duas criaturas diferentes. A revista National Geographic chegou a colocar na capa de uma de suas edições a recriação artística do animal e deu-lhe crédito como o elo perdido entre répteis e aves.
O autor do estudo publicado na Nature, o especialista Timothy Rowe, da Universidade do Texas, submeteu o fóssil a uma tomografia computadorizada e provou que a teoria do elo perdido dinossauro-ave não passa de um quebra-cabeça de 88 peças montado por agricultores chineses com pedaços de fósseis variados. “Partes de pelo menos duas espécies novas foram combinadas para aumentar o valor comercial da fraude”, escreveu Rowe.

Dinossauro de araque – Um esqueleto de dinossauro exposto havia 116 anos no Museu Nacional do País de Gales era falso. O esqueleto, que seria de um Ichthyosaurus foi montado com diversos tipos de ossos, gesso e tinta.

Múmia falsa – Uma múmia com vestes em estilo egípcio e repousando em caixão de madeira com escrita cuneiforme foi tida como uma princesa que viveu em 600 a.C. Exames revelaram que se tratava do corpo de uma mulher mumificada havia apenas dois anos, e já em estado de decomposição

Veja

O embuste original
John Olso
 
Crânio de Piltdown: parte homem, parte orangotango
O homem de Piltdown é o mais famoso dos embustes científicos. Trata-se um crânio aclamado por décadas pela comunidade científica como a comprovação da teoria evolucionista de Charles Darwin. Apresentado em 1912 por um geólogo amador chamado Charles Dawson, chegou a ser exposto no Museu Britânico de História Natural. Em 1953, um exame mais detalhado mostrou que era apenas uma mistura de crânio humano com mandíbula de orangotango. Outra fraude histórica foi descoberta, em dezembro do ano passado, no Museu Nacional do País de Gales, em Cardiff. O fóssil de um ictiossauro, um dinossauro aparentado dos peixes, de 1 metro e meio, era na realidade uma mistura mal-ajambrada de ossos e gesso que ficou em exposição por mais de 100 anos. Agora passou a ser exposta como um monumento aos enganos da paleontologia.

 Minha opinião:

A ciência é estudada por homens que estão em constante aprendizagem. Nunca deve ser considerada como exata, há sempre muito mais para conhecer. Suas teorias não devem ser tomadas como verdades até que sejam definitivamentes provadas, e ainda assim deve-se ter um pé a trás pois podem ser baseadas em fraudes, rsrs….

Read Full Post »

Nota: Essa matéria, foi apresentada no Fantástico do domingo e publicada também no G1.

Numa região de montanhas geladas ao norte da Califórnia, numa área onde são raros os sinais de civilização, enormes antenas fazem um balé sincronizado. Ora viram para o poente, ora para o nascente. Para onde quer que apontem olham na direção do infinito e tentam responder a uma das questões mais antigas da humanidade: estaremos, afinal, sozinhos neste universo? As parabólicas do observatório radioastronômico Red Creek foram ligadas pela primeira vez em outubro deste ano. Foram construídas com o dinheiro de um bilionário americano que decidiu financiar o projeto de pesquisadores da Universidade de Berkeley, na Califórnia – uma das mais importantes dos Estados Unidos no estudo da astronomia. E se as antenas olham sempre na mesma direção é porque trabalham juntas e formam um gigantesco telescópio a procura de vida a milhões de quilômetros da Terra. Até mesmo entre os grandes cientistas, discutir a existência de extraterrestres é tão complicado quanto discutir política ou religião. Existem mais de 200 bilhões de estrelas e planetas na galáxia que nós habitamos. Para muitos a vida seria um privilégio exclusivo do planeta Terra. Mas o que os cientistas da Califórnia tentam provar é que os ETs não só existem, como podem estar em várias partes do Universo.

Como disse certa vez nosso amigo Lino Resende, seria muita pretenção nossa achar que estamos sozinhos neste vasto universo. O universo e tão extenso de forma que a terra representa apenas um grão deareia nele. Os cientista no entanto dizem que devido a falta de água e gases indispensaveis a vida humana aqui na terra, seria quase impossivel existir uma forma de vida semelhante como a nossa nos planetas da nossa galaxia. Estamos limitados à aquilo que conhecemos, de forma que aquilo que não se pode provar não pode-se afirmar. É  claro que pode haver uma forma de vida completamente diferente do que se possa imaginar ou provar pelos metodos cientificos humanos. Talves ate sejam invisiveis aos nossos olhos.Eu creio em Deus, nos anjos e na Biblia e ela fala da existencia de outros mundos, fala tambem de filhos de Deus se apresentando diante da presenca do Pai e um representante da terra entre eles. Quem sabe esses filhos não são representantes de outros mundos. Se isso for assim então com certeza há outras formas de vida em outros mundos distantes. Se voces quizerem saber mais sobre o que penso este site aqui diz tudo: “Extraterrestres existem?”.

Read Full Post »